Skip to main content Skip to page footer
Economia
Transparência

Município vê renovada distinção pelo cumprimento dos prazos de pagamento

O diploma de “Membro do Compromisso de Pagamentos Pontuais”, atribuído pela Associação Cristã de Empresários e Gestores (ACEGE) foi entregue à Câmara Municipal de Lisboa (CML), a 4 de julho, como reconhecimento pela renovação do compromisso de "pagar atempadamente aos seus fornecedores".


Filipe Anacoreta Correia, vice-presidente da CML e vereador das Finanças, assegurou o “compromisso” e a “preocupação da CML em demonstrar que tem de se pagar a tempo e horas".

"Hoje em dia há, no Estado, uma grelha que se impõe às organizações públicas para terem preocupação no pagamento pontual. E a
Câmara Municipal de Lisboa é uma das organizações que se associou a esta iniciativa", sublinhou.

Em Portugal, “82% das empresas não paga a horas”, salientou João Pedro Tavares, presidente da ACEGE, vincando a sua preocupação por sermos ”o penúltimo pior país, em termos de pagamentos pontuais, na Europa”.

A renovação da distinção ao município, disse ,"espelha o compromisso" da CML "de pagar a horas e, dessa forma, potenciar a economia, as empresas e o desenvolvimento de Lisboa e do país. Estas câmaras funcionam como bancos locais para as empresas".

O programa Compromisso Pagamento Pontual da ACEGE, “defende que pagar a horas é uma obrigação ética".